HomeNoticiaReaplicação de prova da OAB é recomendada pelo MPF
domingo, maio 19, 2024

Reaplicação de prova da OAB é recomendada pelo MPF

Erro no enunciado da prova prática de direito do trabalho pode levar a uma nova rodada de testes

O Ministério Público Federal (MPF) recomendou a reaplicação da prova prática do 37º exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para os inscritos que escolheram direito do trabalho. A recomendação foi direcionada a Alberto Ribeiro Simonetti Cabral, presidente da OAB, e a Carlos Ivan Simonsen Leal, presidente da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora do exame.

Caso a reaplicação seja inviável, o MPF sugere a inscrição automática e gratuita dos reprovados na segunda fase do próximo exame da OAB.

Leia também: OAB divulga resultado preliminar do 37º Exame da Ordem

Erro e interrupção

Um erro no enunciado da proposta de elaboração de peça jurídica interrompeu o exame, prejudicando a isonomia entre os participantes. O erro originou-se de uma data citada na situação hipotética para a elaboração de uma peça de defesa.

A paralisação, que durou de dez minutos a até duas horas dependendo do local, não teve o tempo perdido reposto, contrariando as regras do edital.

Leia aqui a recomendação do Ministério do Público

Quebra de isonomia

Há alegações de quebra de isonomia entre os candidatos que fizeram provas práticas de outras matérias e entre aqueles em diferentes localidades, onde a errata chegou em momentos distintos.

Resposta em 10 dias

O procurador regional dos Direitos do Cidadão adjunto em São Paulo, José Rubens Plates, justifica a recomendação pela urgência do assunto, visto que a divulgação dos resultados preliminares da prova prática está programada para breve.

Plates concedeu prazo de dez dias para que a OAB e a FGV respondam sobre o acatamento dos pedidos. Em caso de recusa, eles podem enfrentar medidas judiciais, como o ajuizamento de ação civil pública.

Cristiano Alvarenga
Cristiano Alvarengahttps://fiibrasil.com
Jornalista profissional, com experiência no mercado bancário e em educação superior. Especialista em dados e apreciador da informação via visualização de dados.

12 COMENTÁRIOS

      • É um absurdo que essa FGV e OAB continuem nos desrespeitando como cidadãos,isso no meu ponto de vista ,uma cidadã q luta pelos seus direitos , só nos mostra que FGV e OAB estarão sempre acima do bem e do mal,como se nossos direitos não valessem de nada, é angustiante,passar por um curso de 5 anos,curso esse que estaremos sempre a procura da defesa do Outro, aí vem a pergunta,pra quê?lutar tanto para encontrarmos um bom caminho se,somos desrespeitados pelo órgão que mais devia nos dar valor……confuso isso..

  1. Eu acho que como a FGV e quem manda nem o PAPA e nem MPF vao fazer que esta instituição que em todos os certames e alvo de erros e reclamações nas provas de 1 fase e 2 fase vai reeaplicar a prova, mais como brasileiro ainda tenho uma pequena esperança e quero ver quem tem.mais forca MPF ou a FGV…

  2. Penso que estão mudando o foco, a questão não é o tempo que levaram para comunicar o erro, a questão principal é que houve o erro por parte da FGV, logo segundo o edital a questão teria que ser anulada e os pontos atribuidos a todos, como tem feito a FGV desde o primeiro exame aplicado pela banca, SE TEM VICIO É NULO E NÃO ANULÁVEL, o que mais me choca é que a comunidade jurídica contribui de forma velada quando se cala diante de tal situação, o próprio MP já decreta que a questão não será resolvida via judicial, por um simples motivo, se for via judicial a FGV terá que anular a questão ou o enunciado e atribuir o pontoa todos, ou será que estou errada, cabe sim ação judicial.

    • No meu ponto de vista.
      A prova prática profissional trabalhista do 37° EXAME DE ORDEM DA OAB veio com erro, porém só a peça prática profissional deveria ser anulada e atribuir os 5,00 a todos os candidatos.

  3. No meu vê, a credibilidade da Fgv está se derretendo, tentou tanto ferrar os candidatos, que até errou o enunciado, na correcção em primeira mão afirmou que eram um Embargo de terceiro, depois uma contestação, que feio fgv, sem moral nenhuma. Acertei fiz uma contestação e a mesma não me deu 2,75, tá apelando FGV. 😠

  4. Bom dia a todos, meus agradecimentos ao MPF e demais Órgãos.

    Prezados, nós Brasileiros e sinceros cidadãos de BEM, temos a obrigação de zelar e proteger os nossos, em relação ao tema, existem muitos clarões, porém nada de concreto, esta na hora de rever as falhar e os erros.

    Para a OAB, seria melhor acatar qualquer fagulha que prejudica os milhões de bacharel, pois milhares não podem trabalhar, pode ser por culpa, então reparar seria nobre, houve erro, repara é proteger o cidadão…

  5. Bom dia, realmente algo tem de ser feito e revisto.
    Prezados e amados, como se repete os erros da OAB.
    Quero fazer constar que, mesmo apos a pandemia este órgão sugeris,
    não aceita e nem assume seus erros, ora erra foi dito que és humano.
    Quem sobreviveu a pandemia, agora tenta sobreviver aos erros da OAB,
    Seria preciso a interferencia da justiça!!! Pela ORDEM, oab, repare e deixe os merecidos aprovados legalmente trabalhar, pois ao meu ver, quem foi colocado ao vexame fora vós, então este exame 37, foi outra vergonha.
    Foi justa a colocação da maioria, sugestão é aprovar quem se submeteu…

  6. Em hipótese alguma a FGV vai anular, e tem apoio velado dos orgão que deveria fiscalizar, quando o mesmo decreta que a questão não será resolvida judicialmente, façamos uma conta simples, suponhamos que 5.000 candidatos não tiveram pontuação pelo erros praticados na formulação do enunciado, a conta é simples: 5.000 X R$ 295,00= R$1.475,000 (um milhão quatrocentos e setenta e cinco reais) é o lucro, mais os mesmo pagando pela repescagem R$ 737.500,00 (trazentos e trinta e sete mil e quinhentos reais) total R$ 2.212,500,00 (dois milhões e duzentos e doze mil e quinhentos reais), e ai vcs acham que vão anular ou coisa parecida, preferem perder a credibilidade.
    Entendam a questão não foi o tempo que se levou para comunicar o ERRO, o fato é que houve erro, tinha que anular e atribuir os pontos aos candidatos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais notícias

Gabarito concurso Prefeitura de Taboão da Serra! Acompanhe atualizações da ABCP

Gabarito Prefeitura de Taboão da Serra concurso 2024: acompanhe publicação das respostas das provas objetivas

SESAU – Prefeitura de Recife divulga lista de aprovados do concurso: acompanhe publicação do resultado final

Relação de aprovados do concurso da Secretaria de Saúde - Prefeitura de Recife

Gabarito concurso ISSEM Jaraguá do Sul! Acompanhe atualizações do Instituto Tupy

Gabarito ISSEM - Instituto de Seguridade dos Servidores Municipais de Jaraguá do Sul concurso 2024: acompanhe publicação das respostas das provas objetivas

Veja também