Home Noticia Relatório do MXRF11 evidencia disparidade entre Cotação e Valor Patrimonial

Relatório do MXRF11 evidencia disparidade entre Cotação e Valor Patrimonial

Veja principais destaques do Relatório publicado pela gestão do MXRF11

MXRF11
FII MXRF11 Maxi Renda

No contexto atual do mercado financeiro, onde as variáveis e indicadores econômicos desempenham papéis cruciais, o Fundo de Investimento Imobiliário Maxi Renda (MXRF11) apresentou seu relatório gerencial atualizado. Este documento fornece uma análise detalhada da performance do fundo, incluindo aspectos financeiros, operacionais e de mercado.

O relatório apresneta uma questão importante: a diferença entre o valor patrimonial das cotas e sua cotação no mercado. Confira os principais tópicos apresentados.

Valor Patrimonial vs. Cotação de Mercado

Foi observada uma discrepância entre o valor patrimonial por cota (R$ 9,86) e a cotação de mercado atual (R$ 10,44) do MXRF11, sugerindo um ponto de atenção para a avaliação e estratégia futura do fundo.

O patrimônio líquido reportado foi de R$ 3,299 bilhões. O fundo registrou um volume de negociação de R$ 272,41 milhões durante o período.

Dividendos e Alocação de Recursos

O MXRF11 investiu 80% do seu patrimônio líquido em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) e até 20% em permutas financeiras e FIIs. Destacam-se as aquisições de CRIs da TRX Obramax, TRX Leroy Merlin e BRF Sub GARE11.

Foram distribuídos R$ 0,095 por cota, totalizando R$ 31,70 milhões em rendimentos (referente a fevereiro de 2024). Adicionalmente, foi mencionada uma reserva de correção monetária acumulada de R$ 7,2 milhões.

Desafios Regulatórios

O relatório (ver documento na íntegra, logo abaixo) abordou o impacto da resolução nº 5.118 do Conselho Monetário Nacional (CMN) que alterou as regras para operações de CRIs, limitando os tipos de lastro aceitáveis. O fundo indicou estar reavaliando algumas operações em estágio de estruturação devido a essa mudança regulatória.

Os resultados do relatório são referentes ao mês de fevereiro de 2024 e refletem as operações e a gestão do MXRF11 frente aos desafios e oportunidades do mercado imobiliário e financeiro, mantendo o foco na geração de rendimentos e na adaptação às mudanças regulatórias.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui