HomeSegurosSeguro Prestamista: veja como funciona essa forma de manter...
domingo, maio 19, 2024

Seguro Prestamista: veja como funciona essa forma de manter o controle financeiro

Tem alguma preocupação em manter suas finanças sob controle em caso de imprevistos? O seguro prestamista pode ser a solução ideal para você. A promessa deste seguro é proteger tanto o credor quanto o devedor em caso de dificuldades financeiras. Segundo o SUSEP, houve um aumento de 23% na contratação deste tipo de seguro em 2022.

Neste artigo, abordaremos o que é o seguro prestamista, suas vantagens e desvantagens, e responderemos as perguntas mais frequentes sobre este tema. Não deixe de ler cada seção para entender completamente este tópico.

Sumário

  1. O que é Seguro Prestamista?
  2. Vantagens do Seguro Prestamista
  3. Desvantagens do Seguro Prestamista
  4. Perguntas Frequentes

O que é Seguro Prestamista?

O seguro prestamista é um tipo de seguro que tem como objetivo quitar ou assumir o pagamento de dívidas em situações de inadimplência do devedor, devido a circunstâncias como desemprego involuntário, incapacidade temporária, invalidez permanente ou morte. Assim, ele oferece proteção financeira tanto para o devedor quanto para o credor.

O Funcionamento do Seguro Prestamista

Na prática, o seguro prestamista funciona de forma simples. O segurado paga uma taxa adicional na sua prestação, que é destinada ao seguro. Caso ele passe por uma situação de inadimplência coberta pela apólice, a seguradora assume a dívida, seja quitando-a integralmente ou assumindo as prestações restantes.

O seguro prestamista pode cobrir vários tipos de dívidas, tais como:

  1. Empréstimos pessoais: No caso de empréstimos pessoais, se o segurado se tornar incapaz de pagar o empréstimo devido a desemprego involuntário, incapacidade temporária, invalidez permanente ou morte, a seguradora pode assumir as prestações restantes.
  2. Financiamentos: Isso inclui financiamentos de imóveis, veículos e outros bens de alto valor. Nesses casos, o seguro prestamista pode cobrir as parcelas restantes do financiamento caso o segurado não possa mais pagá-las por alguma das razões mencionadas acima.
  3. Dívidas de cartão de crédito: Alguns seguros prestamistas também cobrem o saldo devedor do cartão de crédito do segurado em caso de inadimplência por causa de uma das circunstâncias cobertas pela apólice.
  4. Cheques especiais: Alguns seguros prestamistas também cobrem dívidas de cheque especial, garantindo que o valor devido ao banco seja pago se o segurado se tornar incapaz de pagá-lo.
  5. Dívidas empresariais: O seguro prestamista também pode ser contratado por empresas, protegendo-as contra a inadimplência de seus clientes.

É importante ressaltar que a cobertura específica pode variar dependendo da seguradora e das condições da apólice. Portanto, é fundamental ler atentamente o contrato de seguro antes de assiná-lo.

Vantagens do Seguro Prestamista

Agora que você entende o que é e como funciona o seguro prestamista, vamos explorar algumas de suas vantagens:

  1. Proteção financeira: O seguro prestamista protege tanto o devedor quanto o credor em caso de imprevistos que resultem em incapacidade de pagamento.
  2. Tranquilidade para o segurado: Sabendo que a dívida será quitada ou assumida pela seguradora em caso de imprevistos, o segurado pode ter mais tranquilidade financeira.
  3. Aceitação ampla: Diferentemente de outros seguros, o prestamista não costuma exigir exames médicos para a contratação, tornando-o acessível a um público mais amplo.

Desvantagens do Seguro Prestamista

Contudo, nem tudo são flores. Existem algumas desvantagens no seguro prestamista que devem ser consideradas:

  1. Custo adicional: A contratação do seguro prestamista implica em um acréscimo no valor das prestações da dívida.
  2. Limitações de cobertura: Nem todas as situações de inadimplência são cobertas pelo seguro. Portanto, é fundamental entender as condições da apólice antes de contratá-la.

Perguntas Frequentes

O Seguro Prestamista é obrigatório?

Embora seja bastante comum, a contratação do seguro prestamista não é obrigatória. Entretanto, muitas instituições financeiras o oferecem como uma opção de proteção financeira ao conceder crédito.

O que acontece se eu quiser cancelar o seguro?

Em geral, é possível cancelar o seguro prestamista a qualquer momento. No entanto, as condições para isso variam de acordo com a seguradora e o contrato estabelecido.

Posso contratar o seguro prestamista para qualquer tipo de dívida?

Na maioria dos casos, o seguro prestamista é associado a dívidas de longo prazo, como financiamentos imobiliários e de veículos, e empréstimos pessoais. Contudo, ele também pode ser contratado para outras situações, conforme estipulado pela seguradora.

Conclusão

Portanto, o seguro prestamista pode ser uma opção interessante para quem busca proteção financeira em caso de imprevistos. No entanto, como qualquer contrato de seguro, é essencial entender as condições e coberturas antes de contratar.

Se você ainda tiver dúvidas sobre o seguro prestamista, consulte um corretor de seguros ou sua instituição financeira para obter mais informações.

 

Cristiano Alvarenga
Cristiano Alvarengahttps://fiibrasil.com
Jornalista profissional, com experiência no mercado bancário e em educação superior. Especialista em dados e apreciador da informação via visualização de dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais notícias

Dividendos de 5%? Empresa de seguridade listada na B3 vai distribuir rendimento “gordo”

A empresa de seguros do Banco do Brasil vai distribuir R$ 3,21 bilhões em dividendos, equivalente a cerca de 5% em dividendos por ação. A BB...

Veja também