Quanto ganha um Analista de desenvolvimento de sistemas? Veja salário médio no Brasil

Veja qual o salário do Analista de desenvolvimento de sistemas no Brasil: confira ainda o rendimento médio por Estado e onde os profissionais recebem as maiores remunerações

Confira ainda as principais atribuições do cargo e quantos profissionais atuam atualmente como Analista de desenvolvimento de sistemas  no país.

Salário do Analista de desenvolvimento de sistemas no Brasil

média salarial do Analista de desenvolvimento de sistemas brasileiro é de R$ 6.426,05, considerando os registros oficiais, o que inclui servidores públicos, profissionais que atuam em entidades não governamentais e trabalhadores registrados sobre a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

No total, estão contratados como Analista de desenvolvimento de sistemas no Brasil. Os dados foram obtidos na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) tabulados pela equipe do FiiBrasil.

O cálculo é referente aos rendimentos médios de 2019, ou seja representam 6,44 salários mínimos (considerando o salário de R$ 998,00 registrado naquele ano).

Na atualização, considerando o valor do salário mínimo atual, o rendimento médio do Analista de desenvolvimento de sistemas em 2021 é de R$ 7.082,82.

Embora a pesquisa seja direcionada ao cargo de Analista de desenvolvimento de sistemas, outras funções são consideradas para chegar ao cálculo. A média salarial inclui os profissionais que atuam nas seguintes funções:

Veja também: Perspectiva de reajuste do salário mínimo em 2022

Analista de desenvolvimento de sistemas: quanto ganha nos Estados

Há diferenças de rendimento do Analista de desenvolvimento de sistemas conforme a localidade, a Unidade Federativa em que atua. Vamos conferir qual o salário por Estado.

Antes, vale ressaltar que 1566 cidades em 27 estados têm ao menos um Analista de desenvolvimento de sistemas contratado. Mas onde estes profissionais recebem a maior remuneração?

É no Distrito Federal que os Analista de desenvolvimento de sistemas recebem, em média, o maior salário, com R$ 8.724,28. Por outro lado, o menor salário é pago na Piauí (R$ 3.717,25, em média).

A cidade com o melhor salário médio ofertado para Analista de desenvolvimento de sistemas é Sobradinho (Bahia) com rendimento de R$ 44.366,69. Há dois 1 profissionais contratados no município.

Veja o Ranking dos Salários para Analista de desenvolvimento de sistemas por Estado, inclusive com o número de vagas ocupadas:

Quanto ganha os Profissionais da informática

Há outras funções com exigência de formação na área. Veja a média salarial de cada um destes cargos:

CargoVagasÁrea GeralSalário

Carreira Analista de desenvolvimento de sistemas

O Analista de desenvolvimento de sistemas, código do cargo 212405 na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), são vinculados aos 212405. Estão enquadrados no grupo Profissionais das ciências e das artes e ligados ao Profissionais da informática.

Confira as principais atribuições para a carreira de Analista de desenvolvimento de sistemas:

  • desenvolver sistemas de tecnologia da informação: codificar programas; dimensionar requisitos e funcionalidade dos sistemas; escolher ferramentas de desenvolvimento e/ou de testes; especificar a arquitetura dos sistemas; especificar aplicativos e sistemas; implantar sistemas; levantar fontes de dados; levantar necessidades do cliente/usuário; modelar dados; montar protótipo dos sistemas;;
  • administrar ambiente de tecnologia da informação: administrar perfil de acesso às informações; corrigir falhas nos sistemas; identificar falhas nos sistemas; realizar auditoria de sistemas; realizar revisões técnicas;;
  • prestar suporte técnico ao cliente/usuário: acionar suporte de terceiros; atender chamados/tickets (incidentes); configurar software e/ou sistemas operacionais; consultar documentação técnica; consultar fontes alternativas de informações; controlar chamados dos clientes/usuários; instalar software e aplicativos e/ou drivers; orientar cliente/usuário; realizar simulações em ambiente controlado;
  • elaborar documentação de sistemas de tecnologia da informação: descrever processos (fluxo de atividades); elaborar diagramas (caso de uso, fluxo de dados, mapa de site etc.); elaborar dicionário de dados; elaborar especificação técnica; elaborar manuais do sistema;;
  • estabelecer padrões para ambiente de tecnologia da informação: definir metodologias a serem adotadas; definir nomenclatura padrão; definir padrões de interface com cliente/usuário; definir requisitos técnicos para contratação de produtos e serviços; estabelecer padrões de software;;
  • projetar soluções de tecnologia da informação: adequar soluções a necessidade do cliente; apresentar alternativas de solução; divulgar solução; elaborar propostas técnicas; identificar necessidade do cliente; identificar riscos; negociar alternativas com clientes ou fornecedores; propor mudanças de processos e metodologias;

Formação

Veja os dados do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Brasil. Há 641 opções de curso em 434 instituições de ensino superior. O curso é ofertado em 254 cidades e 26 estados.

Segundo dados do Ministério da Educação (MEC), 116.338 estudantes estão matriculados no curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Brasil. Por ano há 16.099 concluintes de curso, ou seja, candidatos que ganham habilitação para atuação profissional.

Os dados sobre a formação no ensino superior se referem ao ano de 2019 e foram obtidos por meio de análise dos microdados do Censo da Educação Superior.

Uma das formas de ingresso nos cursos deAnálise e Desenvolvimento de Sistemas  é pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Veja as notas de corte para conseguir uma vaga em instituições públicas.