3 métodos para quitas dívidas e sair do endividamento

Se você se sente oprimido por dívidas, saiba que não está sozinho. Estudo aponta que 66,3% dos brasileiros estão inadimplentes.

Os números foram divulgados pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) e referem-se a  dezembro de 2020.

Mas como conseguir sair do endividamento e trilhar o caminho rumo a liberdade financeira

Três métodos para sair do endividamento

Um dos maiores desafios para sair da dívida é saber por onde começar.

Ter um método específico pode ajudar.

Aqui estão três estratégias para saldar dívidas, especialmente dívidas com uma taxa de juros mais elevada, que ultrapassa os 5%:

  • Avalanche: acontece quando você paga a dívida com os maiores juros primeiro.
  • Bola de neve:  onde você paga o menor saldo primeiro
  • Consolidação: onde você renegocia e centraliza sua dívida em um único credor

Examinaremos cada método para ajudá-lo a determinar qual pode ser o certo para você.

Método avalanche

método avalanche para quitar dívidas
Método avalanche prioriza pagamento das contas com juros mais altos

Embora possa exigir alguns sacrifícios, é possível se livrar de uma dívida seguindo uma etapa de cada vez.

Digamos que você tenha dívidas em quatro cartões de crédito diferentes.

Para começar, anote todos os saldos pendentes e as taxas de juros de cada um.

Com o método da avalanche, você priorizará o pagamento da dívida com os juros mais altos primeiro.

A ideia é focar primeiro na dívida mais cara, para economizar dinheiro com o tempo.

Para os outros cartões, pague o mínimo todos os meses e, em seguida, coloque tudo o mais que puder para ir pagando sempre a dívida com maior taxa de juros.

Depois que a dívida com maior taxa de juros for paga, você aplicará esses pagamentos à dívida com a próxima taxa mais alta e assim por diante.

O método de avalanche vai economizar mais dinheiro em pagamentos de juros do que se você pagasse primeiro, a dívida com juros mais baixos.

Assim,  matematicamente, o método da avalanche é a melhor maneira de pagar a dívida.

Método bola de neve

método bola de neve contra o endividamento
Pagamento das contas de menor valor primeiro, eis o método bola de neve

Mas, para alguns, as avalanches precisam começar em algum lugar, talvez como uma bola de neve.

Com o método bola de neve, você pagará o mínimo de todos os seus saldos. 

Pode parecer financeiramente imprudente pagar qualquer coisa, exceto os juros mais altos da dívida primeiro, mas com o método da bola de neve, você pode pagar uma parte maior de um de seus saldos com cada pagamento.

Um estudo no Journal of Consumer Research descobriu que quando os indivíduos pagavam mais parte do saldo de sua dívida, eles estavam mais motivados para continuar.

Embora não seja o método mais econômico, a longo prazo, ele foi mais eficaz.

Não subestime o poder da psicologia.

Assim, a sensação de realização de pagar totalmente um saldo pode motivá-lo a permanecer disciplinado com os outros.

Método Consolidação

método conolidação contra o endividamento
Juntar todas as contas e fazer uma nova negociação é o que prevê o método consolidação

Um terceiro método de pagamento da dívida é a consolidação.

Isso é combinar todas as suas dívidas em uma, então você faz um único pagamento mensal, de preferência, um com uma taxa de juros mais baixa do que suas contas existentes.

Uma forma de consolidar a dívida é contrair um novo empréstimo ou linha de crédito para saldar a dívida existente.

Outra opção é a transferência de saldo, o que significa mover seus saldos para um novo cartão de crédito.

Isso pode ser uma boa ideia se você conseguir abrir um novo cartão de crédito que oferece 0% de juros sobre as transferências de saldo.

Mas normalmente, esse juro de 0% é apenas por um período limitado, como um ano ou 18 meses.

Portanto, não transfira seus saldos, a menos que tenha certeza de que poderá pagá-los.

A taxa de juros da nova negociação deve ser menor do que seus juros atuais combinados.

Quando for fazer a renegociação, certifique-se de que você será capaz de lidar como valor da parcela em todo o período de empréstimo;

Resumo: vida sem dívidas

Então, para revisar, a avalanche é o método que economiza dinheiro pagando dívidas com a maior taxa de juros primeiro.

A bola de neve pode maximizar a motivação, pagando o menor saldo primeiro e a consolidação pode ser útil se você puder combinar todas as suas dívidas em um único pagamento.

Não existe uma maneira certa de sair da dívida.

O retorno total pode variar de uma estratégia para outra.

Por fim, o mais importante é parar de aumentar a dívida, determinar exatamente quanto você deve, pagar o máximo que puder e cumprir as renegociações.